top of page
  • Foto do escritorCineclube Bamako

Ciclo I do Kilombeduka gerando na alta em Olinda!



Saudações cineclubistas!


Nesse último mês de julho demos início ao Kilombeduka, com seu primeiro ciclo acontecendo no Centro Cultural Grupo Bongar - Nação Xambá, que fica no Quilombo Portão do Gelo, em Olinda. Nossa formação, que alterna encontros presenciais e virtuais, teve a honra de realizar duas aulas intensivas no chão desde território ancestral, nos dias 15 e 22/07, durante os turnos da manhã e da tarde.


Estes dois encontros foram repletos de trocas de saberes, de vivências, de experiências em educação e de muita energia positiva! Realizamos dinâmicas de apresentação, rodas de diálogo, sessões cineclubistas e exercícios de produção audiovisual que forneceram referenciais valiosos para que os participantes possam elaborar seus projetos de cineclubes, de curtas-metragem e de educação antirracista.


No decorrer destes meses de julho e agosto, o grupo de participantes também tem acompanhado as aulas virtuais sobre cineclubismo e linguagem audiovisual direcionadas ao uso destes conhecimentos como ferramenta pedagógica. E ainda neste mês de agosto, iremos trabalhar momentos de mentoria para os projetos do primeiro ciclo do Kilombeduka.


Pelo que já temos discutido nas aulas e no fórum virtual, podemos adiantar que virão muitas propostas potentes para pensar a educação para relações étnico-raciais, os saberes de referenciais negros e indígenas e as articulações possíveis com a legislação vigente no campo da educação.


O Kilombeduka já chegou gerando na alta! Em breve traremos mais novidades sobre o andamento deste primeiro ciclo, e, também, os preparativos para o Ciclo II, que acontecerá na Zona da Mata. Confira o registro dos encontros e continue nos acompanhando. Axé!




Realização: Cineclube Bamako

Texto: Gabriel Muniz

Fotos: Rayza Oliveira

106 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page